terça-feira, 12 de outubro de 2010

Feliz Dia das Crianças

Para minhas filhas amadas, Maria Elis e Beatriz, um Dia das Crianças maravilhoso. Que ao crescerem, nunca percam o encanto e a alegria infantil. E que tenham o direito a desfrutar de um mundo melhor.

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

E os meus sonhos?

Hoje, véspera do Dia das crianças, recordei-me do tempo em que eu acreditava em papai Noel e mula-sem-cabeça. Sim, não envergonhe-me em dizer que já acreditei em saci e tantas outras histórias para criança dormir. Mas, na verdade, acho que eu estou mesmo é com saudade da época em que eu podia fazer planos sem nem mesmo questionar a possibilidade deles acontecerem. Parece que, mais do que qualquer época do ano, no dia 12 de outubro aumenta a  vontade de ser criança novamente. Ser adulto tem lá seus benefícios, porém,quando crescemos parece que desaparece em nós uma palavrinha chamada sonho. Antes de compreender o que era o mundo, eu sonhava sem medo.Imaginava mil situações que faziam de mim o que eu quisesse. Mas e agora? Como posso sonhar se minha consciência aponta os meus limites e mostra a face horrorosa da vida que me diz que eu não posso ser e ter tudo que eu sonhei na infância? O que em mim há de sonho, ainda, eu devo aos livros( com suas histórias interessantes, suas palavrinhas mágicas que me levam a outros lugares impensáveis). O que seria de mim sem os livros? Sem as palavras sábias daqueles que sabem que o mundo pode não ser como queremos, mas, através da literatura, podemos recriá-lo para que ele seja, ao menos, o mundo encantado que alguém, em algun canto desse planeta, precisa.