segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Entre permanecer e partir: uma leitura do conto "A terceira margem do rio"


RESUMO: Considerado como um dos escritores brasileiros que mais se dispôs a renovar a língua literária no século XX, Guimarães Rosa (1908- 1967) revelou em suas narrativas uma intensa exploração das potencialidades dos discursos, além da preocupação com a qualidade estética de seus textos. A proposta deste trabalho é fazer uma leitura do conto “A terceira margem do rio”, observando a contemplação, experiência e resgate da memória do personagem-narrador, além do deslocamento do personagem Pai como representativo da fuga das realidades sólidas e aparentes para um espaço de novas possibilidades (o rio). Para tanto, será feito um breve comentário sobre o livro Primeiras Estórias (1962), ao qual pertence o conto analisado, e, em seguida, passaremos à análise da temática proposta.

Texto apresentado no XVI Congresso Nacional de Linguística e Filologia

Leia o texto completo aqui

Autran Dourado: aspectos da obra e da crítica


RESUMO: Com mais de sessenta anos de carreira — seu primeiro livro, Teia, foi publicado em 1947—, o escritor mineiro, Autran Dourado (1926-), tem uma obra composta por mais de vinte títulos, entre eles contos, novelas, romances e ensaios, vários deles traduzidos para diferentes idiomas. É um escritor premiado, vencedor de concursos literários como o Goethe de Literatura (1982), o Jabuti (1982), o Camões (2000) e o Machado de Assis (2008), apenas para citar os mais importantes, o que configura sua importância na história da literatura brasileira. Além disso, teve  o livro Ópera dos mortos (1967) listado pela UNESCO em sua Coleção de Obras Representativas da Literatura Universal. O texto desta comunicação objetiva apresentar aspectos significativos da prosa desse escritor, além de pontuar algumas considerações acerca da fortuna crítica realizada sobre sua obra.

Texto apresentado no XVI Congresso Nacional de linguística e Filologia (2012)

Leia o texto completo aqui:

quarta-feira, 16 de maio de 2012

domingo, 13 de maio de 2012

I Banquete Literário do SESC LER, em Paulo Afonso (Bahia)




CONVIDADOS:  LITA PASSOS, TINA TUDE, ADRIANO EYSEN, CLEBERTON SANTOS.

Dia: 18 de Maio de  2012

Local:  Sesc Ler Paulo Afonso 

Endereço: Endereço: Rua Verdes Campos, Quadra 69-A - BTN 2 - Paulo Afonso - Bahia

Telefone: (75) 3282-6377
Dia: 18 de Maio de  2012

Local:  Sesc Ler Paulo Afonso 

Endereço: Endereço: Rua Verdes Campos, Quadra 69-A - BTN 2 - Paulo Afonso - Bahia

Telefone: (75) 3282-6377

domingo, 6 de maio de 2012

Um romance dentro do romance: a criação literária em Confissões de Narciso, de Autran Dourado


RESUMO: O texto desta comunicação é um recorte da pesquisa, ainda em andamento, intitulada Don Juan às avessas: a utopia do amor em Confissões de Narciso, de Autran Dourado, realizada no Mestrado em Literatura e Diversidade Cultural, da Universidade Estadual de Feira de Santana. O recorte aqui realizado tem como objetivo divulgar aspectos iniciais da pesquisa, analisando o fazer literário de Autran Dourado no romance em estudo. Ao apresentar um personagem escritor, a narrativa autraniana permite uma reflexão acerca de alguns temas relacionados à arte literária. Explicitamente, através da escrita memorialística realizada pelo personagem, o autor aborda temas como pastiche, mimese, catarse, entre outros.

PALAVRAS-CHAVE: Criação literária. Romance. Confissões de Narciso. Autran Dourado.


Texto apresntado no II ENALE (UFAM/ Humaitá)


Texto completo nos Anais eletrônico, p. 188 a 196

Erotismo e feminino em contos de Adelice Souza


RESUMO: O presente trabalho tem por finalidade analisar a linguagem erótica em contos da escritora baiana Adelice Souza, identificando as metáforas e encenações do deus Eros, no intuito de revelar como a escrita feminina tem se apropriado de temas relacionados à sexualidade. Buscou-se discutir a relação entre poder e expressão da sexualidade no Ocidente, a partir das idéias de Foucault (2007),analisando, sobretudo, as modificações ocorridas nessa relação, principalmente quanto ao espaço conferido à mulher. Definiu-se também o conceito de erotismo utilizado para esta análise, além de problematizar as possíveis diferenças entre literatura erótica e pornográfica. A análise foi realizada a partir da seleção de cinco contos pertencentes aos três livros publicados, até o momento, por essa escritora, mostrando a pertinência temática em sua contística.

Palavras-chave: erotismo, feminino, contos, Adelice Souza

Texto apresentado no III Seminário Nacional de Literatura e Cultura -2011 (UFS)

Texto completo nos Anais eletrônico, páginas 1285 a 1303

Don Juan às avessas: a utopia do amor em Confissões de Narciso, de Autran Dourado



RESUMO: O presente trabalho tem por finalidade analisar a retomada dos mitos de Narciso e Don Juan no romance Confissões de Narciso, de Autran Dourado, destacando semelhanças e rupturas trazidas pelo comportamento do personagem principal, Tomás de Souza Albuquerque, com os mitos supracitados. Buscar-se-á, também, analisar as imagens, metáforas e encenações do amor presentes no romance, tendo em vista que os mitos aqui analisados estão relacionados com a temática amorosa.
PALAVRAS-CHAVE: relações mitológicas; representações do amor; romance brasileiro; Autran Dourado.

Texto apresentado no III Colóquio da Pós-graduação em Letras- 2011 (UNESP/Assis)

Leia o texto completo nos Anais eletrônico

Gaiola aberta: memórias autranianas do Governo JK



RESUMO: Os debates acerca das relações entre Literatura e História são recorrentes, sobretudo na historiografia atual que indaga se as obras literárias podem ou não ser utilizadas pelos historiadores como fontes de pesquisas e questiona, também, se a própria História não seria uma forma de ficção. A partir da leitura de História e Memória (1996), de Jaques Le Goff, aparando-nos, sobretudo, no tópico “Documento/Monumento”, e compreendendo a escrita memorialística ou autobiografia enquanto um gênero literário, buscar-se-á analisar como o livro de memórias, Gaiola aberta: tempos de JK E Scmidt (2000), do escritor mineiro Autran Dourado, está inserido na aproximação entre História e Literatura, além de poder se configurar enquanto um documento histórico.

PALAVRAS-CHAVE: História. Memórias. Literatura. Gaiola aberta. Autran Dourado.  


Texto apresentado no IV Seminário Nacional de Literatura e Cultura (2012)- Universidade Federal de Sergipe

Leia o texto completo nos Anais eletrônico